Sobre desistir …

Mais um Natal chegando. Já se passou um ano desde a minha “mudança”. Apesar ter voltado a Fortaleza, morar na mesma casa, com as mesmas pessoas e nas mesmas condições de antes, procurei mudar alguns hábitos no intuito de acabar com coisas que diariamente me incomodavam. Diria que em alguns dias mais que os outros, chegavam a me incomodar a quase todo o instante. Bastava entrar nas redes sociais ou sair na rua e ver pessoas “comparáveis” que já mudava de humor.

Iniciei então um projeto pessoal focado em perder peso e tentar modelar meu corpo, já que era isso que me incomodava. Não apenas isso, mas me fizeram acreditar que das várias coisas que me deixam mal, esta daria para mudar. Mudei hábitos alimentares, comecei uma rotina de malhação e aeróbica. Ao longo do processo fui conhecendo pessoas que tinham meus mesmos novos hábitos, mas que eram bem mais jovens que eu e tinham algo que nem dieta, nem malhação me trarão: eram lindos!

Comecei então e analisar o quadro em que me encontrava e descobri que pro que eu queria, eu comecei extremamente tarde. Não vou ter o mesmo resultado de uma carinha de 20 e poucos anos. Agora a sensação de impotência é ainda maior. Aquele aperto no peito e aquela vontade de me esconder de todos e de tudo voltou mais forte. Aquela vergonha de conhecer pessoas. Aquela certeza que vão ver que não sou o que pareço ser. Voltar a andar engolindo choro. Fingir.

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s