Capitalismo, metas, Deus e Madonna

Terry-Richardson-Madonna-Lady-GagaHá aproximadamente 4 anos eu estava passando por uma situação incômoda e bem chata. Queria ir ver a Sticky & Sweet Tour que passaria pelas cidades do Rio e São Paulo, mas por uma sequência de acontecimentos ruins acabei me desestruturando e não podendo ir nem na arquibancada de menor valor.

Hoje estou com ingresso para a melhor área do show possível de ser comprado, passagens pagas e hotel reservado e o sentimento incômodo e chato que sinto é expressivamente maior que o de 4 anos atrás! Explicação? Nem tenho!

Estar em um lugar aberto e em contato com pessoas de vários gêneros e etnias me constrange. Não sei se é bem isso, mas não seria a primeira vez que planejo ir a algum lugar, me empolgo e no dia do evento subitamente desisto de ir contrariando toda a vontade que tive anteriormente substituindo-a por medo, uma profunda tristeza e inconformismo.

Sei que o problema é mais simples do que parece e se resume a duas letrinhas: EU. É uma ousadia eu colocar o “capitalismo” compondo o título deste post uma vez que não domino o tema. Aliás, não tenho conhecimento específico em História, Geografia, Matemática ou qualquer ciência exata ou humana. Ao contrário da maioria de meus amigos e colegas, não cursei nenhuma faculdade. Se a gente só tem uma vida, saibam que eu desperdicei completamente a minha e hoje já é bem tarde para qualquer reparo ou projeto futuro.

O mundo de hoje gira em torno do dinheiro. Você trabalha e estuda para ganhar bem, pra poder ser interessante para alguém, para conseguir esse alguém que o “complete”, transar com ele, ter filhos e por aí vai … Aí vai precisar de mais grana e para isso terá que ser o melhor e se destacar, custe o que custar. No meu caso, além de ser um alguém desprovido de beleza (se tivesse dinheiro, seria lindo – depois eu chego lá), não tenho inteligência e a principal característica do sucesso: ESPERTEZA! Quem diz que o mundo é dos espertos é porque nunca veio ou trabalhou no Brasil. Brasileiro é que é esperto, cara! Nem todos, pelo que sei, eu não tenho sido e nunca fui.

Agora se você teve a sorte de nascer lindo, sua família deve ter dinheiro. Para ser bonito, seus pais devem ter uma boa herança genética e para ambos terem se unido em matrimônio (ou simplesmente fecundado um óvulo), devem ter se aproximado cada um pela beleza e pelo que o outro poderia oferecer. Aí você nasce lindo, tem dinheiro pra permanecer lindo, tem estima porque é lindo, continua lindo e chega aonde quer na linda vida sendo assim bem lindão.

É muito patético criticar as pessoas que buscam destacar-se em algo. Pra quem não nasceu em berço de ouro esta é a única maneira de melhorar de vida: tendo alguma relevância. Infelizmente ser relevante nunca foi a minha especialidade. Às vezes acho que penso muito nos outros quando deveria buscar o melhor PARA MIM!

Meus amigos vão seguindo seus caminhos enquanto eu continuo com 14 anos. Hoje é um daqueles dias que chego em casa e choro só de olhar para a comida. Sei que vou engordar comendo a essa hora. Mas o que posso fazer? Trabalho o dia inteiro e só chego em casa a essa hora mesmo. Não tenho como manter uma dieta saudável. Não tenho como pagar uma academia. Não tenho como ter um lazer. Não tenho estima e relevância para conseguir um salário melhor e prover as faltas que citei neste parágrafo. Minha única diversão do mês é comer.

Após 4 anos é que começo a entender que não fui traído. Perdi meu namorado por ser essa criatura horrível, fútil e medíocre que sou. A após 4 anos eu só me tornei mais medíocre ainda, fútil e um gordo horrendo.

As pessoas dizem que temos que procurar melhorias, que depende só de nós. Mas uma coisa não muda: QUEM VOCÊ É! Não tem academia que dê jeito. Não tem dieta que me deixe bem. Nada me mudaria. Simplesmente não me vejo bem. Qualquer um tá bem melhor que eu. Eu nem tenho uma identidade própria. Tenho vergonha que me vejam assim, que me conheçam. Sou a pior criação de Deus e nem sei quem foi o idiota que inventou Deus!

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s